Grupos Pequenos: Moda ou Necessidade?

Pequeno Grupo de adolescentes na igreja em que implantei os Pequenos Grupos para essas faixas etárias.

Vivemos numa cultura onde as amizades são superficiais e até virtuais. Nossos pré-adolescentes e adolescentes tem centenas de amigos, mas sequer conhecem alguns desses “amigos”, que encontram no Facebook, Twitter e outras mídias sociais. Não tenho nada contra as mídias sociais, apenas estou fazendo aqui uma leitura de nosso tempo.

Por isso a Igreja deve e pode fazer diferença, tornando-se um espaço onde há uma comunidade poderosa, autêntica e centrada em Jesus Cristo e os pré-adolescentes e adolescentes:

  • são aceitos do jeito que eles são.
  • podem discutir assuntos muito importantes de suas vidas.
  • podem ter um mentor espiritual e ter um crescimento espiritual.
  • podem aprender a aplicar as verdades bíblicas em suas vidas e buscar ajuda para enfrentar seus problemas do dia a dia.

O principal propósito dos Pequenos Grupos é que eles sejam  espaços onde pré-adolescentes e adolescentes se conectem num relacionamento com Jesus Cristo e uns com os outros. Eles devem ter uma atmosfera acolhedora para que pré-adolescentes e adolescentes possam construir relacionamentos significativos com outros pré-adolescentes e adolescentes, que tem os mesmos tipos de desafios e objetivos que eles.

Os Pequenos Grupos devem ser lugares seguros, onde seus membros tenham a liberdade de ser verdadeiros e possam compartilhar suas lutas e dificuldades. Para que esse ambiente seja criado, o Líder deve dar o primeiro passo.(1 Ts 2:8)

A tarefa do Líder de Pequeno Grupo não é fácil. Como um cristão mais maduro, ele tem a habilidade de comunicar a verdade de Deus. O líder precisa se preparar para o encontro com o Pequeno Grupo e precisa acompanhar os membros do seu grupo, principalmente aqueles que estão precisando de maiores cuidados. (At 20:24)

O líder não pode dar o que ele não tem, por isso tem que fazer do seu relacionamento com Jesus uma prioridade. Dessa forma poderá passar isso quase que de forma natural para os membros do seu grupo. (Cl 3:16)

O estilo de liderança de um líder de Pequeno Grupo deve ser o do líder servo, aquele que serve seus liderados. (Mc 10:43)

A maior dificuldade que tive para implantar os Pequenos Grupos entre os pré-adolescentes e adolescentes foi a falta de líderes adultos e imagino que essa deva ser a dificuldade da maioria das igrejas. O argumento bíblico que os adultos da igreja mais usam para “fugir” dessa responsabilidade é que a  Bíblia nos diz  que os pais são diretamente responsáveis pelo cuidado espiritual de seus filhos e isso é verdade. Mas a Bíblia não diz que eles são os únicos responsáveis por isso.Toda uma comunidade de fé que vem antes dessa Nova Geração também tem responsabilidade sobre ela e a história de Juízes (Jz 2:10) e outros trechos da Bíblia (Sl 145:4; Sl 22:30; Sl 102:18) nos mostram que essa é uma responsabilidade de uma geração inteira.

Como Igreja precisamos orar por essa geração e agir, pois nossa missão é transmitir a Palavra de Deus para eles. A história do povo de Deus continua a ser escrita em nossas vidas e, quando não estivermos mais aqui, qual terá sido o legado deixado por nós?

E respondendo a pergunta do título, os Grupos Pequenos não são moda. Eles são extremamente necessários para que possamos cumprir essa tarefa que temos como Igreja. Sei que não é fácil motivar os adultos de sua igreja, por isso estou colocando aqui um vídeo que legendei e utilizei para motivar os líderes de Pequenos Grupos de meu antigo ministério. Espero que seja de grande ajuda para vocês também.

Para líderes de Pequeno Grupo desanimados, lembre-os de que: se os membros do grupo que eles lideram parecem não entender nada do que eles dizem e vivem dizendo ou fazendo bobagem, eles lideram um Pequeno Grupo bem parecido com o que Jesus liderou há cerca de 2ooo anos e que transformou o mundo!

Anúncios

Uma resposta em “Grupos Pequenos: Moda ou Necessidade?

  1. Ana Lucia

    Parabens pelo seu blog!!! Gostei muito!!! Já coloquei nos meus favoritos.
    Agora, alem de nossos encontros no exercicio do papel de donas de casa, tambem terei oportunidade, “como pos adolescente”, de usufuir desse dom que Deus lhe deu.
    Continue em sua missao. Acredito que só consiguiremos melhorar nossa sociedade atraves da educacao e orientacao de nossas criancas e jovens.

    Bjs
    Maria Elisa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s