Mais Respostas às Perguntas sobre o Massacre no Rio de Janeiro

Pergunta: E se perguntarem se aquele homem é culpado?
Resposta: Sim, ele é culpado. Cometeu crimes, matou pessoas e isso tanto é um pecado como é crime pelas leis do nosso país.

Pergunta: Se a doença dele é real? Ele é louco? Ele tem problemas? Ele realmente é doente?
Resposta: Para responder essa pergunta entramos no campo das suposições, mas tudo nos leva a concluir que ele tinha um distúrbio mental, pois tinha um histórico complicado e alguém com saúde mental perfeita não cometeria tal ato.

Pergunta: Como tratamos biblicamente essas pessoas que alguns dizem ter esses distúrbios? Ele pecou? A doença dele abona a atitude?
Resposta: Tratamos a doença dele como tratamos as outras doenças. As doenças existem porque vivemos num mundo que jaz no maligno desde Gênesis 3. Há milhares de pessoas com doenças mentais em nosso país, mas quantas delas saem por aí matando pessoas, adolescentes? Na ocasião do massacre de Columbine em 1999, li na revista Christianity Today que a violência é muito mais uma doença da alma do que do cérebro. Esse assassino passou por essa escola, por outra escola de ensino médio, por um emprego e apesar de seu comportamento “esquisito” não recebeu tratamento para sua doença mental. A doença dele não abona a atitude dele, pois sabemos que Hitler também tinha distúrbios mentais e outros assassinos que cometeram atos parecidos em outros países também. Todos eles são culpados diante de Deus e diante da lei.

Mas acho muito importante tirarmos o foco do assassino e voltarmos o nosso foco para as pessoas que sofrem nesse momento. Saber porquê ele fez isso ou condená-lo ou absolvê-lo não vai nos acrescentar nada, Mostre aos seu grupo de crianças ou adolescentes que ao fazer isso, estamos querendo “dar uma de Deus”. Vamos deixar o assassino e suas implicações com Deus. Vamos focar nas suas vítimas, com orações, mensagens de encorajamento, fortalecimento e mostrar à eles que nesses momentos de dor Deus está ao lado deles, enxugando suas lágrimas, consolando seus corações aflitos e trazendo a paz que excede todo entendimento.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s