Os Pokemons invadiram nossas vidas

Pokemon capturado na minha casa

Pokemon capturado na minha casa.

Começou a invasão dos Pokemons! Sim, baixei o aplicativo e em alguns minutos apareceu o primeiro Pokemon em minha casa. Capturei o monstrinho da foto ao lado!

Esse novo game, que pode ser baixado gratuitamente tanto para Androide ou iOS, está quebrando todos os recordes de games para plataformas móveis. O game é na verdade uma grande e fantástica máquina que a Niantic criou para ganhar muito dinheiro! O download é gratuito, mas o jogador é fortemente incentivado a comprar coisas com dinheiro de verdade para usar dentro do jogo. E as compras vão de “pokébolas” até incenso para atrair os monstrinhos!

E agora? Como vamos ajudar nossas crianças e adolescentes a lidarem com essa atraente e perigosa tentação? Há muitos boatos sobre a possibilidade do game ter sido criado para roubar os dados e informações dos jogadores. E até teorias da conspiração envolvendo a CIA! Mas a verdade é que os milhares de aplicativos que já usamos fazem isso muito bem.

Então qual é o grande problema do game?

Para crianças e adolescentes o grande problema é a dependência ou a gamemania! As regiões cerebrais em que as drogas atuam são as mesmas em que o jogo atua. É a expressão máxima de uma nova droga, consome a energia, horários produtivos, contribui para um isolamento social e causa alienação, segundo o psiquiatra do Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas da USP, Rodrigo Fonseca Martins Leite.” 
Os adolescentes (sobretudo os homens, que representam a maioria dos jogadores) são os mais suscetíveis à dependência. A razão disso está na própria estrutura cerebral. O cérebro não está completamente formado nessa etapa da vida. Ele ainda não desenvolveu a capacidade de brecar comportamentos e prever as consequências deles. Isso só começa a acontecer a partir dos 20 anos!

Outros grandes problemas para essas faixas etárias são:

Lembrem-se de que vocês são os pais e tem o dever de proteger seus filhos, limitando o uso dos celulares e tablets, controlando o pacote de dados de Internet a que eles tem acesso e ensinando-os sobre os perigos à que eles se expõem.

Que Deus nos dê sabedoria e graça para cuidar e guiar nossos filhos em mais esse desafio do nosso tempo!

Filhos, obedeçam a seus pais no Senhor, pois isso é justo.
“Honra teu pai e tua mãe”, este é o primeiro mandamento com promessa:
“para que tudo te corra bem e tenhas longa vida sobre a terra”.
Pais, não irritem seus filhos; antes criem-nos segundo a instrução e o conselho do Senhor.
Efésios 6:1-4

Deixe seus comentários sobre esse post. Você pode ter imformações e dicas que beneficiarão outros pais.

Anúncios

23 respostas em “Os Pokemons invadiram nossas vidas

  1. Mais uma vez muuuuuuuuito obrigada pelas informações que buscam sempre nos trazer pra nossa responsabilidade de pais, avós tios, enfim, adultos, que deveriam ser espelho para as gerações que vêm atrás de nós.
    Que Deus continue a usar sua vida com “flecha que acerta o alvo – o coração dos adolescentes e pré adolescentes. Bj

  2. Ta louco, esse jogo deixou de ser uma diversão para se transformar em uma patologia, causando uma dependência e consequentemente o vício em jogar, A criança e adolescente acabam abandonando outras atividades de interesse, tornam-se inquietas e ficam irritadas quando param de jogar; acabam mentindo para os pais para esconder o envolvimento com o jogo, assim como fazem os viciados em drogas e acabam se isolando socialmente. Precisamos ficar atentos.

    L

  3. Muito bom! Filhas orientadas e repassando para os pais no grupo MIPAM! Difícil competir com todas essas coisas, somente o Espirito Santo para nos direcionar em por em prática o que o Senhor já nos deu, autoridades sobre nossos filhos!

    • Criar e educar filhos hoje dentro dos valores cristãos é tarefa muito difícil, Edna. Com certeza precisamos da direção de Deus e da ajuda da comunidade da fé! O velho ditado africano, que diz ser preciso uma vila inteira para criar uma criança, é muito atual. Com o blog espero fazer minha parte nessa “grande vila”!

  4. Finalmente Uma postagem inteligente sobre esse assunto. …Agora os jogadores poderão dar crédito. …Parabéns ao autor.

  5. Gostei do texto. Sem ficção e sem esquizofrenia e ao mesmo tempo realista com os perigos que essa nova mania pode trazer. Acho q o caminho sempre é a realidades das coisas e suas implicações no dia a dia. Parabéns professor Sayão

    • Obrigada, Monica. Tudo o que é novo e desconhecido nos deixa assustados e muitas vezes o bom senso desaparece. Mas uma boa pesquisa sobre o assunto nos leva a ter uma posição mais equilibrada.

  6. Excelente mais uma vez, Ana! Esclareceu e fundamentou muito bem o que todos precisamos saber sobre o tal jogo e seus possíveis riscos. Parabéns!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s