Sofrimento e Morte: Como os Adolescentes Enfrentam essas Realidades

APTOPIX Brazil Nightclub Fire

A semana passada foi marcada por sofrimento, morte, dor e pesar em todo o Brasil. A trágica morte de centenas de jovens no incêndio da boate Kiss em Santa Maria, RS atingiu todos nós. Pais enterrando seus jovens filhos não é o que chamamos de “ordem natural das coisas”. Centenas de vidas e sonhos interrompidos bruscamente não é uma realidade do nosso dia a dia e o país inteiro ficou paralisado diante da tragédia.

fuvest-aprovados-uspSanta Maria Jovem carregando jovemUm contraste muito grande com as fotos de jovens alegres que acabam de vencer a temível etapa do vestibular e vão começar a realização de seus sonhos nas universidades do país. A tragédia, o sofrimento e a morte convivendo lado a lado com a vida, alegria e sonhos. Essa é a inegável realidade da nossa vida no planeta Terra. Mas para aqueles que trabalham mais diretamente com adolescentes e jovens, fica a questão: Como nossos adolescentes enfrentam o sofrimento e a morte? Que questões estão saltando na mente e coração deles?

Muito provavelmente são as questões que perseguem os homens desde sempre: Por que Deus permite o sofrimento de inocentes? Como um Deus bom pode permitir que o mal aconteça? Por que Deus não impede tragédias como essa de acontecerem?

Não tenho a pretensão de ter todas as respostas nesse post, (até porque teólogos discutem isso há séculos) mas meu objetivo é levantar esse importante ponto da teologia e desafiar vocês a pensarem em maneiras de abordar o assunto com seus adolescentes, jovens ou filhos. E sugerir fontes que possam ajudá-los nessa tarefa.

A Bíblia nos traz muitos textos e histórias que falam de sofrimento e morte e para mim a mais emblemática de todas é a história de Jó, que inclusive perdeu todos seus filhos de uma só vez . Mas não podemos esquecer a pergunta que assombra o salmista em meio ao sofrimento: “Onde está o seu Deus?”  

problemadomal_mA questão é tão profunda que se diz que um dos principais motivos para homens como Charles Darwin e Albert Einstein terem se rendido ao ateísmo foi a falta de entendimento do problema do sofrimento e do mal. Teólogos respeitados em nosso meio como o Pr. Luiz Sayão tem se dedicado ao estudo desse tema, que é tema de seu recente livro “O problema do mal no Antigo Testamento” e de debates.

No momento que passamos agora algumas verdades não podem ser esquecidas:

IsGodJustAHumanInvention2Se você tem facilidade para ler na língua inglesa também recomendo o livro “Is God Just a Human Invention?” de Sean McDowell

Acima de tudo, precisamos orar por todos aqueles que perderam seus queridos nessa tragédia. E precisamos de sabedoria para ajudar nossos adolescentes e jovens e terem uma visão cristã sobre o sofrimento e a morte. Uma visão que não negue essas realidades, mas que possa compreendê-las à luz da Palavra de Deus.

Anúncios

Deus e o Terremoto no Japão

Destruição do terremoto e tsunami no Japão

Nos últimos dia não se fala em outra coisa: o terremoto, o tsunami e a tragédia nuclear que atingiram o Japão. Continuo aqui nos Estados Unidos e sei que tanto aqui como no Brasil e no resto do mundo a comoção é geral.

Mas e os nossos pré-adolescentes e adolescentes? Quais são as perguntas que eles estão fazendo sobre isso? O que estão pensando? No último domingo estava numa igreja aqui dos Estados Unidos e todos eles estavam certos de que esses acontecimentos eram o início do final dos tempos. Será verdade? Não sabemos, embora algumas das cenas que estamos vendo na TV e Internet sejam muito parecidas com os filmes de Hollywood que falam do final dos tempos. Entretanto como sempre digo aos pré-adolescentes e adolescentes, a cada dia estamos um dia mais perto do final dos tempos, com terremoto ou sem terremoto.

E nada melhor do que o assunto do momento para conversar com a galera da sua igreja ou com seus filhos sobre o assunto que está em todo lugar. Aproveitem a deixa e vamos lá. Creio, que na verdade o que mais preocupa a nossa garotada é o fato de um Deus tão bom permitir que coisas tão horríveis aconteçam. E é muito importante esclarecer isso em tempos em que, teorias sobre uma limitada soberania de Deus pairam em nosso meio. Precisamos esclarecer que:

  1. Deus é o criador de tudo o que existe e que controla tudo sobre a terra e céu (Salmos 135: 6-7)
  2. Os terremotos existem desde o começo dos tempos e não começaram agora e não são castigo de Deus, embora o texto que vamos sugerir para que eles leiam diga isso, mas é um caso bem específico. (Números 16: 30-34)
  3. A natureza também sofre as consequencias da queda do homem e como ele aguarda a redenção que teremos com a volta de Cristo. Gn 3:17-18Romanos 8: 19-22
  4. Não sabemos porque Deus permite que essas coisas aconteçam. Romanos 8:28

Muitos deles não gostarão  de ouvir isso, porque acham que teremos respostas para todas as suas dúvidas. Mas é normal perguntarmos para Deus porque ele deixou que um terremoto, um tsunami e um desastre nuclear acontecessem no Japão. Quando ouvimos que uma família inteira ou crianças pequenas e até bebês morreram num alagamento ou num soterramento, perguntamos para Deus como ele deixou que isso acontecesse.

Ter duvidas ou fazer perguntas como essa para Deus não é ruim ou errado.Muitas vezes as dúvidas nos levam a buscar mais a Deus e descobrir as verdades sobre ele. Quando perguntamos essas coisas para Ele estamos sendo honestos e sinceros e Deus entende isso. Além de orar pelas pessoas que estão sofrendo no Japão, devemos também aproveitar e agradecer a Deus por nossas vidas. Cada segundo que temos de vida, cada segundo, nos é concedido pela graça de Deus. Ele nos ama e nos livra de muitos males mesmo sabendo como somos e deveríamos agradecer a cada dia por isso. Não podemos esquecer que Deus criou tudo bom e o homem trouxe o pecado e mal para toda a criação.

Então, prontos para uma conversa franca e sincera sobre o assunto do momento com seus adolescentes? Não perca a ocasião, que apesar de triste e catastrófica nos permite aprofundar a conversa sobre Deus com eles.