Eu tenho um sonho

Parafraseando Martin Luther King, quero falar do meu sonho. E escolhi falar sobre isso hoje, um domingo. Hoje muitas igrejas estão reunidas para adorar a Deus, ter comunhão e ouvir e aprender mais sobre a Palavra de Deus. Mas será que as igrejas estão se reunindo como Jesus queria? Será que estamos reunidos como “família de Deus“? Eu receio que não.

A Bíblia nos diz que fomos adotados como filhos de Deus. Jesus é o Filho Único de Deus, mas nós fomos adotados independente da idade, gênero, etnia, nação ou qualquer outra divisão que a sociedade e a cultura nos impõe. Infelizmente não é isso que vemos em nossas igrejas que deveriam representar a família de Deus aqui na terra. Vivemos numa sociedade fragmentada e a igreja também está fragmentada. Separamos nossas crianças, adolescentes e jovens da grande congregação! E temos feito essa separação há tanto tempo e com tanta eficiência, que as novas gerações estão cada vez mais distantes dos adultos. Trabalho com as novas gerações há muito tempo e sei que é necessário termos um trabalho cuidadoso e direcionado para elas. Infelizmente transformamos esse trabalho específico numa separação e as novas gerações não se sentem parte da família de Deus. E meu sonho é ver as novas gerações integradas à grande família de Deus novamente!

Foi sonhando com isso que me deparei com esse vídeo abaixo:

Crianças, adolescentes e jovens que estão buscando um lugar onde se encaixem. Um lugar onde sejam acolhidos e amados e possam produzir uma sinfonia tão bonita como a do vídeo!

Sim, esse é meu sonho! Sei que é algo que leva tempo, dedicação, doação, paciência, amor e intencionalidade. O sonho pode ser meu, mas a ideia é de Deus! Quando é que a igreja de Jesus Cristo vai se posicionar para tornar esse sonho realidade?

Por isso convido você a deixar seu comentário aqui e sonhar comigo. Teremos muitos outros posts para nos aprofundarmos nessa ideia. Por enquanto, sonhe comigo!

Anúncios